OS BENEFICIOS DA ALCACHOFRA

alcachofraOs Egípcios já utilizavam a alcachofra para desintoxicar o fígado 500 anos antes de Cristo (a.C). Tem também propriedades para ajudar a diminuir o colesterol e exercer uma acção hipoglicémica. Em todo o mundo a alcachofra tem uma reputação de planta medicinal de grande valor, pela riqueza das suas substâncias curativas e propriedades digestivas.
A alcachofra é rica em ácidos fenólicos, flavonóides, inulina, cinarina, potássio e magnésio e, sais contidos nas folhas, que lhe conferem eficácia estimulante na vesícula biliar e protectora do fígado.
Na Medicina Natural recomenda-se para tratamento da Icterícia, hepatite, flatulência, colesterol, vesícula biliar, enxaquecas de origem hepática, insuficiência hepática, má digestão, eructações (arrotos), gazes, cálculos biliares.
O principal constituinte da folha da alcachofra é a Cinarina, que tem demonstrado uma acção muito específica no aumento da produção da bílis no fígado (colagoga) e também aumenta o fluxo da bílis na vesícula biliar (colerética). Embora sem provas suficientes, a alcachofra foi utilizada como antiveneno, em situações de emergência e, com resultados muito acima das espectativas. Milhares de estudos já foram feitos e muitos continuam em curso, desde 1966, pelos resultados efectivos conseguidos e verificados por diversos investigadores.
A alcachofra reduz o nível de colesterol sintetizado no fígado, através da mobilização de gordura armazenada no fígado e outros tecidos. Além do colesterol outras gorduras como triglicéridos são reduzidas pela acção da Cinarina.
Tem sido utilizada na prevenção de cálculos biliares e distúrbios hepáticos, relacionados com o abuso de álcool, anemia, aterosclerose, diabetes e rim.
Em estudos recentes e, por nós recomendados e acompanhados, verificamos uma considerável neutralização da acidez de ácido úrico no organismo, pela estimulação da diurese e consequente remoção.
Pacientes com cálculos biliares devem ser prudentes e ter aconselhamento médico.
As mulheres em período de lactação devem abster-se porque diminui o leite.
A alcachofra é utilizada em todo o mundo, fresca ou em conserva, constituindo em alguns países como Itália e França, um dos pratos mais apreciados na gastronomia diária.
Em programas de emagrecimento é muito recomendada, pelo baixo teor calórico, e grande quantidade de fibras, não engordando e favorecendo o trânsito intestinal.
A alcachofra temperada com azeite, alho, manjericão, tomilho e alecrim, é divinal.

Juvenal Silva (Naturopata)

Cédula Profissional 0300193 – ACSS

emSaúde Natural

Construído por: InforEco Torres Novas