GENGIBRE UM PODEROSO ALIADO CONTRA O CANCRO

ARTIGOA molécula mais activa do gengibre denomina-se de gingerol, que contém muitas propriedades poderosas e anti-inflamatórias.
O Gengibre é oriundo da Ásia tropical e tem sido utilizado há milhares de anos na Medicina Chinesa e na India pela Medicina Ayurvédica.
Tem sido utilizado como anti-inflamatório em constipações, resfriados e gripes de várias estirpes, por ser um poderoso sudorífero e expectorante.
É utilizado há séculos para combater as náuseas, e tem demonstrado tanta eficácia, senão ainda mais que o Dramin (químico).
É muito eficaz em problemas digestivos, vómitos, náuseas, estômago, diarreias.
Tem sido também utilizado em casos de enxaqueca e artrite reumatóide.
Segundo o Dr. Richard Béliveau, um dos maiores investigadores de problemas cancerosos, a adição de gingerol em células cancerosas de laboratório, bloqueia a produção da enzima principal usada por essas células para gerar inflamação. Presume-se que a inflamação desempenha um papel crucial na progressão do cancro, pelo que a actividade anti-inflamatória do gingerol será importante para a prevenção cancerígena, forçando a autodestruição celular por apoptose e, evitando a formação de uma nova rede de vasos sanguíneos, essenciais para o seu crescimento.
O gengibre também tem propriedades muito eficazes na eliminação de algumas bactérias, particularmente ao nível do trato respiratório e, na redução do colesterol do sangue e, limita a agregação de plaquetária.
O gengibre pode ser útil – Digestões difíceis, flatulência, falta de apetite, constipação, gripe, dores artríticas e musculares, inflamações, dores de cabeça e enxaquecas, náuseas, vómitos (na gravidez, viagens ou tratamento de quimioterapia), úlceras gastrointestinais, protecção contra o cancro.
Muito importante – O consumo deverá ser de acordo com a situação de cada indivíduo, pelo que não recomendo a utilização sem acompanhamento médico.
Precauções: Não se conhecem efeitos colaterais quando usado com preceito. Algumas pessoas poderão ser sensíveis ao sabor ou até sentir um ligeiro ardor no estômago, sendo necessária adaptação inicial.
O Gengibre na Culinária – Pode ser utilizado fresco, seco, em pó, cristalizado ou pasta congelada. É bom para amaciar a carne e tornar os alimentos levemente picantes. Pasta de alho e gengibre em proporções iguais, aromatizado com manjericão, é divinal para qualquer prato, seja refugado ou sopa, peixe, marisco ou carne.
Em doces é magnífico e delicioso.
Em refrescos ou cocktails, é inebriante e esplendoroso.
 

Juvenal Silva (Naturopata)

Cédula Profissional 0300193 – ACSS

emSaúde Natural

Construído por: InforEco Torres Novas