CRIANÇAS COM DÉFICE DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE

Drogar uma criança, rotulando-a de hiperatividade, para torná-la mais tranquila, é combater sintomas e não a causa do mal.

O real tratamento de hiperatividade e défice de atenção em crianças, deve basear-se na verificação de deficiências emocionais e nutricionais, na mudança dos seus hábitos alimentares, hábitos de vida e, considerar o seguinte:

Evitar todo e qualquer tipo de drogas.

Verificar se a criança  é alérgica ao leite, trigo, milho, glúten, ou outros alimentos.

Verificar se o sono é tranquilo e se dorme entre 8 a 9 horas por dia.

Reduzir o consumo de cereais, particularmente o trigo, porque pode ter efeitos adversos no equilibrio mental, por ter grandes quantidades de aglutinina contida no germen de trigo e, que pode afetar a produção de serotonina, (neurotransmissor do humor). Isto porque a maior parte da produção se realiza nos intestinos e não no cérebro.

Verificar se os intestinos têm atividade saudável e regular, incluindo probióticos.

Evitar todos os alimentos que contêm aditivos químicos, particularmente de sabores e corantes artificiais, como refrigerantes ou comidas industrializadas.

Evitar o consumo de produtos refinados, particularmente o açúcar  e doces.

Uma alimentação rica em ómega 3, contida principalmente em peixes gordos, é imprescindível para um bom equilíbrio neurológico.

Os legumes e a fruta devem ser uma constância na alimentação diária, porque fornecem os nutrientes essenciais em vitaminas e minerais.

O pequeno almoço é fundamental e deve ser rico e diversificado em cereais integrais, frutos secos e fruta fresca, fatores determinantes para uma boa concentração e equilíbrio do sistema nervoso.

Todas as refeições devem merecer uma estreita vigilância de forma  garantir-se uma eficiente e saudável fonte nutricional.

Deverá ser fomentado e incentivado o exercicio e, atividades ao ar livre, o máximo possível. É muito importante apanhar sol para ter bons níveis de vitamina D, considerada muito relevante no bom desempenho da atividade cerebral.

Situações de conflito de qualquer natureza devem ser evitados, porque podem gerar episódios de agressividade.

O apoio persistente e, a criação de uma atmosfera calma, ajudam no estímulo das emoções e são determinantes para a integração de sentimentos positivos e de alta estima . Considerando a particularidade de cada situação, outras ajudas poderão ser importantes, como florais de bach, ácido fólico, vitaminas B6 e B12, magnésio, ginckgo biloba, passiflora, cidreira, oligoelementos como fósforo, etc.

Juvenal Silva (Naturopata)

Cédula Profissional 0300193 – ACSS

emSaúde Natural
This service has regrettably been disabled. This message is purely being displayed as to not cause any damage to any website connected to this feature.

Construído por: InforEco Torres Novas