COMER COM PRAZER, TER SAÚDE E BOM HUMOR

0911-BemEstarOs alimentos que comemos, assumem um impacto determinante sobre a saúde e bom humor.
Quando falamos de alimentos, reportamo-nos aos naturais e funcionais. De uma listagem muito vasta, destacamos alguns, objecto de estudos científicos por parte de Dr. Richard Béliveau, Bioquímico e pesquisador em neurocirurgia: Ele seleccionou o chá verde, o chocolate, o açafrão, o tomate, o limão e frutos secos. As amêndoas são referidas, por serem ricas em cálcio, magnésio, vitamina E, nutrientes essenciais para o bom humor e, fonte de energia de comprovados benefícios sobre o stress, ansiedade ou fadiga. Acresce o facto de serem alcalinas e reduzirem a acidez do nosso organismo, restaurando assim o ácido-base. Promovem a energia e vitalidade. As especiarias como a paprica, caril e açafrão, também são referidas e como muito boas para a saúde. Particularmente o açafrão pelo seu conteúdo rico em flavonóides e curcumina, rica em antioxidantes protectores de doenças cardiovasculares e degenerativas. A curcumina é utilizada em associação com pimenta preta para aumentar a proporção de absorção pelo corpo. Esta combinação protege o organismo de certos tipos de cancro. A vitamina B6 tem um papel crucial na síntese dos neurotransmissores como a serotonina, melatonina e dopamina, responsáveis pela manutenção do equilíbrio mental, pela regulação do humor, apetite e sono. Alimentos como peru, galinha, atum, bacalhau, batatas com pele e pistachos sem sal, são ricos em vitamina B6 e, excelentes contra a depressão, irritabilidade e fadiga. A vitamina B12 é essencial para o crescimento, a divisão celular e o funcionamento das células do corpo e, o equilíbrio do sistema nervoso, aumentando os níveis de concentração. Alimentos como carnes, aves, peixes, frutos do mar, ovos e produtos lácteos, são ricos em vitamina B12, promovendo a memória, concentração e energia.
O chocolate negro com 70/80% de cacau influencia o bem-estar, por ser rico em magnésio, torna-se num ansiolítico e antidepressivo natural. Existem vários estudos que indicam existir um neurotransmissor (feniletilamina) que estimula a produção de endorfinas que contribuem para uma sensação de prazer e estimulam o bom humor.

A fruta é essencial para o conforto físico e emocional, para a boa disposição e bom humor, por libertar açúcar e, este libertar dopamina no cérebro, a hormona do prazer.

Juvenal Silva (Naturopata)

Cédula Profissional 0300193 – ACSS

emSaúde Natural

Construído por: InforEco Torres Novas